Mercado_Imobiliário

Giro de Notícias do Mercado Imobiliário #40

Confira as notícias que se destacaram no Mercado Imobiliário desta semana.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

A incorporação imobiliária encerrou 2021 com crescimento de 32%, um bom desempenho que o setor não vivenciava desde 2014. A curva de crescimento recorde do mercado imobiliário de alto padrão em 2021 não deverá entrar em descendência nos próximos meses, contrariando os prognósticos negativos de uma conjuntura de desaceleração econômica, juros altos e aumento da inflação. É destaque na mídia ainda uma pesquisada Imovelweb mostrando que 63% dos entrevistados pensam em comprar um imóvel em 2022.  Já a venda de terrenos no Metaverso segue sendo notícia conforme publicação do Valor. Confira as principais notícias do setor desta semana!

.

Mercado Imobiliário

.

Segs

Pandemia acelera uso de tecnologias por corretores de imóveis

Uma pesquisa realizada em 2020 com os mais de 400 mil corretores de imóveis registrados no Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) demonstrou que esses profissionais passaram a adotar, com mais intensidade, os recursos digitais para vender e alugar imóveis, como a utilização de fotos profissionais nos anúncios em sites e portais (56%), o uso de videoconferência (51%) e as visitas aos imóveis por vídeo (47%). Leia mais

.


.

Valor

Inflação nas nuvens: terrenos no metaverso valorizaram 500%

Que os índices de preços dispararam mundo afora todo consumidor já notou — mas, agora, a inflação chegou na nuvem. Na versão moderna de vender terreno no céu, há gente disposta a pagar milhões por um terreninho no metaverso, o universo digital que muita gente ainda nem entendeu do que se trata e já tem preços disparando 500% no “mercado imobiliária. Leia mais

.


.

Valor

PIB da construção civil sobe 7,6%, e previsões para 2022 são positivas

Incorporação imobiliária encerrou 2021 com crescimento de 32%, um bom desempenho que o setor não vivenciava desde 2014 A curva de crescimento recorde do mercado imobiliário de alto padrão em 2021 não deverá entrar em descendência nos próximos meses, contrariando os prognósticos negativos de uma conjuntura de desaceleração econômica, juros altos e aumento da inflação. Pelo menos essa é a expectativa dos atores desse segmento do setor de incorporação, que encerrou o ano passado com um crescimento de 32% e desde 2014 não vivenciava quadro tão favorável: oferta abundante de crédito impulsionada pelo saldo positivo da poupança, taxa de juros baixa, demanda crescente por imóveis maiores e de melhor localização e capacidade de entrega das incorporadoras, que, capitalizadas, aceleraram os lançamentos. Leia mais

.


.

Segs   

Pesquisa do Imovelweb mostra que 63% dos entrevistados pensam em comprar um imóvel em 2022

Quando se fala em um imóvel, qual o desejo do brasileiro em 2022? Mudar ou reformar? Ir para uma casa ou ficar em um apartamento? Para identificar as preferências dos brasileiros, o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, realizou uma pesquisa com 2.266 pessoas de diversas partes do Brasil. O resultado mostrou que 63,05% dos participantes pensam em comprar uma casa em 2022, enquanto 22,26% pensam em alugar e apenas 14,69% não têm a intensão de mudar. Entre os que querem alugar um imóvel, 50,33% pretendem se mudar para um apartamento, enquanto 42,79% querem morar em uma casa e 6,87% buscam um imóvel em condomínio. Os motivos para morar em outro imóvel são a procura por uma mudança (39,02%), a necessidade de um imóvel maior (18,18%), mudar da região onde reside (16,19%), ter mais independência (13,53%), o grande aumento no valor do aluguel da atual residência (13,08%), a procura por mais espaço verde (13,30%), dificuldades econômicas (7,54%) e o aluguel vencido que não foi renovado (4,66%). Leia Mais

.


.

Valor

Tom no setor de imóveis é ser seletivo no atual cenário

O cenário de incerteza – com inflação e juros em alta, e um ano dominado por eleições majoritárias no país – levou incorporadoras a adotarem postura mais cautelosa ao traçar seus planos para 2022. Os famosos “guidances”, ou seja, as metas para o ano, cedem lugar ao discurso de boa parte das empresas de que as decisões serão tomadas a partir do monitoramento mais cuidadoso do mercado. “O tom é de seletividade. No ano, os lançamentos serão avaliados caso a caso”, diz Bruno Mendonça, analista de mercado imobiliário do Bradesco BBI. Leia mais

.


.

Isto é Dinheiro

Cenário desafiador para as construtoras

O quarto trimestre de 2021 foi positivo para o setor imobiliário. Várias incorporadoras divulgaram, como de costume, prévias operacionais, e os resultados foram bons. A MRV & Co, que inclui as operações no Brasil e nos Estados Unidos, divulgou um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 2,4 bilhões no quarto trimestre e de R$ 8,1 bilhões no acumulado de 2021, alta de 8% em relação a 2020. Cerca de 21,7% das vendas vieram da AHS, subsidiária americana da MRV. A EZTec divulgou o maior volume de vendas desde a pandemia. Foram R$ 491 milhões em lançamentos no quarto trimestre, alta de 28,9% ante R$ 381 milhões em 2020. As vendas brutas totalizaram R$ 402 milhões, 42,6% mais que em 2020. A companhia informou que a pandemia a fez adiar empreendimentos de alto padrão. A Mitre anunciou lançamentos de R$ 1,1 bilhão no quarto trimestre, crescimento de 146% ante 2020. No entanto, as vendas foram de R$ 314 milhões, crescimento de apenas 11%. Já os lançamentos da Even cresceram 67,8% no trimestre, para R$ 809 milhões. Todas as companhias se beneficiaram do mercado aquecido. No entanto, muitas registraram um crescimento dos estoques, que terão de ser vendidos durante 2022, ano considerado desafiador. Leia mais

.


.

Para mais conteúdos e dicas para transformar o m² dos seus sonhos em realiade, acesse:

.

conteúdo sobre decoraçãoconteúdo sobre construçãoconteúdo sobre finanças
conteúdo sobre loteamentoconteúdo sobre o mercado imobiliárioconteúdo com dicas

.

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2