Contratar mão-de-obra

Como preparar o terreno para construir sua casa

Antes de começar a sua obra, é necessário deixar o lote nas condições ideais para receber a fundação. Aprenda neste artigo como preparar terreno para construção!

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

Imagine a seguinte situação: você acaba de adquirir o seu lote naquele tão sonhado residencial e agora planeja uma mudança completa no seu estilo de vida. Para o seu sonho ser completo, contudo, é preciso cumprir um passo de cada vez, e o primeiro é iniciar a construção de sua casa. Para isso, antes de qualquer coisa, você deve preparar o terreno para a construção.

Neste post, você vai entender como é possível realizar esta tarefa.

.

preparar o terreno
Preparar o terreno é a primeira etapa de qualquer construção

.

Encontre um construtor de confiança

 Para ser bem-sucedida, qualquer obra precisa de bons profissionais trabalhando. E, sim, existe muita gente boa trabalhando nisso. Mas onde encontrar esses profissionais? E nessa hora que entra a rede de relacionamento do próprio residencial.

Algumas urbanizadoras e loteadoras possuem uma lista de empresas parceiras aptas a trabalhar naquele empreendimento. Esta é apenas uma comodidade para os compradores, já que muitas vezes eles são novos na região e conhecem muito pouco os prestadores de serviço locais.

.

Preparar o terreno
Preparar o terreno: construção de uma casa requer profissionais de confiança e com boas avaliações

.

Também é possível conseguir referências com a associação de moradores ou com os próprios vizinhos. Outra fonte que pode ser consultada são os arquitetos que ficarão responsáveis pelo projeto, porque a chance de eles já terem trabalhado com alguma dessas empresas é grande. E, mesmo se ainda não foi o caso, eles estão mais acostumados a lidar com este tipo de fornecedor, prestando atenção em detalhes em, na maioria das vezes, os clientes não perceberiam.

.

Vegetação

É muito comum que alguns lotes ainda tenham vegetação nativa, mesmo que o empreendimento inteiro já tenha sido finalizado. Neste caso, fica sob responsabilidade do comprador providenciar a correta remoção desta vegetação.

.

Preparar o terreno
Preparar o terreno: saber escolher os materiais e ferramentas certo é de extrema importância

.

Existem empresas especializadas neste tipo de serviço. Ao mesmo tempo, algumas empreiteiras, para garantir a obra, costuma incluir o valor da remoção no custo total. Assim, o processo fica mais rápido. Nesta etapa, é importante estar com todas as autorizações para o início das obras em mãos.

.

Pesquise as características do solo

Existem diferentes tipos de solo, mais argilosos, mais arenosos e os siltosos. Cada um deles requer um tipo de fundação e pode determinar características importantes do projeto final, como a elevação e distribuição das estruturas.

.

Preparar o terreno
Preparar o terreno: é preciso conhecer as características de cada solo

.

O solo arenoso, por exemplo, é composto em sua maior parte por areia. Sendo assim, ele é mais permeável e se movimenta com maior facilidade. Na prática, isso requer fundações maiores e mais residentes para evitar desmoronamentos.  

Já o solo argiloso, muito comum no país, tem maior capacidade de aglutinação. Neste sentido, as fundações podem ser mais rasas, embora seja necessário um estudo mais detalhado dependendo da localização da obra.

Por fim, o solo siltoso é um tipo intermediário entre os dois anteriores. Costuma ser um solo complicado para construir e, assim como o solo arenoso, precisa de fundações maiores, além de precisar de muitos cuidados e manutenção posterior, pois é mais propenso à erosão e desagregação natural.

.

Compactação

Após você conhecer todas as características do seu terreno, entra em cena a fase de compactação. Essa fase depende muito das características da obra, sendo mais importante quando existe grande movimentação de terra para a construção. Isso porque, quando há o deslocamento, o solo fica fofo e pouco resistente, sendo necessário melhorias para aumentar sua estabilidade.

.

Preparar o terreno
Preparar o terreno: compactação visa dar mais estabilidade ao solo

.

A compactação é feita por meio de impacto, vibração e compressão – e ajuda a reduzir a infiltração de água e a sedimentação.

.

Nivelamento

Você já viu aqui no blog as principais características dos terrenos em aclive e em declive. Vale lembrar que é possível fazer projetos lindos em cada um deles. Em todos os casos, porém, é preciso que haja algum grau de nivelamento.

Este processo requer a presença de um profissional especializado, o topógrafo, que indicará as regiões onde será necessário aterros e terraplanagem. Essas ações tem como objetivo corrigir os acidentes do lote e mantém suas características principais.

.

Preparar o terreno
Preparar o terreno: obra tem início com o terreno já nivelado e sem vegetação

.

Resumindo como preparar o terreno

O primeiro passo para iniciar a construção de uma casa num loteamento é preparar o terreno para receber a obra. Isso deve ser feito em etapas, detalhadas a seguir.

  • Contrate um construtor de confiança: loteadoras e associação de moradores costumam ter uma lista de profissionais aptos a trabalhar nos residenciais.
  • Elimine a vegetação: procure serviços especializados e, se for o caso, peça para o empreiteiro incluir este serviço no custo total da obra.
  • Conheça bem o terreno: cada tipo de solo requer um tipo de fundação para evitar problemas posteriores.
  • Faça a compactação: a função desta etapa é dar mais estabilidade ao terreno.
  • Faça o nivelamento: esta parte da obra corrige os acidentes do terreno antes de começar a construção, mantendo suas características principais.

Receba nossos conteúdos no seu e-mail. Fique por dentro das novidades da 1M2